sábado, agosto 26, 2006

Procrastinando o GTD ou A arte de comprar um arquivo de aço


Como você pode ver pela foto da minha mesa aí em cima, eu não sou das pessoas mais organizadas do mundo. Uma grande moda entre o pessoal tecnológico nos EUA é o Getting Things Done (GTD), uma metodologia para se tornar uma pessoa mais organizada e evitar a procrastinação, se tornando uma máquina de produtividade. Uau! Todos os meus problemas estão resolvidos!!! Nem as Organizações Tabajara fariam algo tão sob medida para mim.

Há seguidores tão fanáticos do GTD, que às vezes parece até um culto. Se for para me livrar do inferno da desorganização, eu também quero entrar nesta igreja. Comprei a bíblia e já no início ele recomenda como deve ser seu ambiente de trabalho. Entre o material indicado está um arquivo para pastas. Não pode ser qualquer um. Tem que ser um "Arquivo para pastas com mecânica de alta qualidade. Arquivos não são o lugar para ignorar a qualidade" (pg. 190). Precisa ser fácil colocar e tirar as coisas de lá, por mais cheio que esteja. Concordo.

O problema é que não tenho a mínima idéia do que é um arquivo de qualidade, eis um motivo ideal para procrastinar a implementação do método que me fará deixar de ser um procrastinador.

Para descobrir as qualidades de um arquivo, escrevi para minha amiga Carmen. Ela é a pessoa que conheço que tem mais papel em casa, com vários e vários arquivos cercando seu home-office. Juntei suas dicas com outras pesquisas e compartilho com vocês o que faz um bom arquivo:
  • O arquivo deve ser de aço. Nem pense em comprar arquivos de madeira compensada ou fórmica. Quando você começa a colocar peso, eles não agüentam, a gaveta fica difícil de puxar e você deixará de usá-los. Esta é a única regra realmente imprescindível desta lista.
  • Corrediças de Nylon X Rodízio de Metal (ROF) X Trilhos Telescópicos. O de nylon é o mais barato e o mais macio quando o sistema está novo, mas fica velho rápido. Bom para você comprar errado na loja. O de nylon e o ROF são para pesos até 35Kg e neles as gavetas não ficam 100% abertas. O problema do telescópico é que, claro, é o mais caro.
  • Quanto menor a "chapa", melhor. A "chapa" é a medida da espessura do aço. Quanto mais espesso, mais dúrável e resistente será o arquivo. Também será mais difícil mudá-lo de posição quando cheio de papéis. A enrolação é que quando maior a medida da chapa, menos espesso é o arquivo, o de chapa 26 é mais fino que o de chapa 24. A maioria dos vendidos novos, têm chapa 26, mas é possível encontrar 24, 22 e 20.
  • Pintura antiferrugem é importante, pois eles enferrujam bastante com o tempo. Em algumas lojas vários arquivos em exposição estavam já um pouco carcomidos.
E aí entra a questão mais importante para os não-celibatálios, a estética. Colocar um trambolho cinza destes em sua casa pode ser um justo motivo de divórcio. Ajuda um pouco o fato de eu querer um arquivo um pouco menor, só de duas gavetas, pois o objetivo é que esteja sempre à mão. Juntando isto, com as dicas da Carmen, estas foram as opções que tentei:
  • A Marte Móveis parece ser a única que faz arquivos de aço, mas com frente e tampo em fórmica. Esteticamente parece ser o mais aceitável para ter em casa. A dificuldade é conseguir comprar. Para começar o sítio deles é em flash e nada funciona no meu navegador Firefox. Até arrumei uma máquina Windows e tentei no Internet Explorer, mas também não consegui ver porcaria nenhuma. Nem o "Fale Conosco" deles funciona. Liguei para eles em São Paulo e eles prometeram colocar o representante deles aqui no Rio para falar comigo. Ele me mandou um email oferecendo os arquivos de outra empresa que ele também representava. Quando eu falei que queria da Marte o sujeito nunca mais me escreveu.
  • A Carmen já tinha me dado a dica no show room do Shopping Matriz, há produtos que não vendem nas outras lojas e seria possível comprar os móveis da Marte. É muito fácil chegar, só seguir a Av. Brasil e ainda abrem domingo. Só que ao chegar lá descobri que eles não mais os vendiam:-(
  • O que existia de interessante era os arquivos Pandin, com cores menos caretas que o cinza e um puxador estampado que achei mais bonito. Este era todo de aço, corrediças de nylon e pintura anti-ferrugem Achei que o "azul del-rei" ficaria interessante. Orçamento: R$369,00 para entregar em 30 dias. A cabeça do casal informou que preferia preto do que azul.
  • Procurando uma oferta melhor, escrevi para a Pandin perguntando onde vendiam no Rio. Escrevi para a CVL Móveis me atendeu prontamente por email e deu um orçamento de R$386,00 para um arquivo de duas gavetas, cinza, trilhos telescópicos, chapa 26 e entrega incluída. Já estava decidido, quando ao perguntar se havia outras cores, informaram que sim: branco, azul, preto, vermelho, verde e bege. O que enfraqueceu é que era 12% mais caro.
  • Daí hoje, sábado, quando fazia hora no Centro esperando prepararem uns vidros para mim, fui bater perna na Rua dos Inválidos, onde me disseram que havia umas lojas de móveis de escritório. A primeira loja que vi era de móveis usados. Saí de lá tendo comprado um arquivo de duas gavetas, chapa 22 e trilho telescópico. Eles vão reformar, tirar um amassado, trocar os puxadores, pintar de preto (já era desta cor) e trocar a fechadura. Preço: R$125,00.
Mais informações:
  • Vi duas lojas de móveis de escritórios usados na Rua dos Inválidos (Rio de Janeiro). Ambas têm o nome de
    Movy Quality (sic), mas ficam em números e telefones diferentes.
    Rua dos Inválidos, Loja 6 movyquality@hotmail.com 2222-4692/8172-1872
    Rua dos Inválidos, loja 17 nogueiraeli@ig.com.br 2221-3862/3852-5688
  • Sítio oficial do David Allen, criador do GTD
  • Uma ótima introdução (em inglês) sobre a metodologia
  • Compre na Amazon o livro que descreve a metodologia e iniciou o culto ao GTD:

quinta-feira, agosto 24, 2006

Gerador de CPF e CNPJ Válidos

Muito bom: para todos os sítio chatos que te obrigam a preencher CPF e CNPJ para poder fazer uma simples pergunta: Gerador de CPF e CNPJ Válidos.

Update: mudei o link para meu novo gerador de CPFs e CNPJs preferido.

segunda-feira, agosto 14, 2006

O Ataque dos Robôs Assassinos

Os robôs estão atacando e querem tirar tudo do ar. Se você for um sítio virtual com mais de 2 milhões de páginas exibidas por mês, em que quase tudo é gerado dinamicamente, e que roda em um já velhinho Pentium III, aí é morte certa.

Alguns robôs são do bem. Eles são comandados pelos mecanismos de busca. Eles baixam as páginas do seu sítio e lhe trarão novos visitantes quando alguém fizer uma busca no Google, Yahoo ou MSN.

Os demais são os canalhas. Sugam recursos de seu servidor. Seus usuários de verdade ficam com o serviço muito mais lento. Pode chegar ao ponto de ninguém conseguir acessar mais nada. Se você paga por banda usada, podem te custar uma fortuna. Claro que eles são mal educados e não respeitam seu arquivo robot.txt.

Dois são os canalhas principais: os spambots, que vasculham seu sítio em busca de endereços de email para enviar spams; e os "leitores off-line", operados por alguém que quer baixar de uma vez todo seu sítio. Estes últimos são os piores, pois costumam ter uma taxa de acesso tão alto, que não há servidor que agüente. Um babaca de uma empresa chegava ao ponto de baixar de meu sítio mais de 300M de dados todo mês. Só quem acessava mais era o robô do Google, mas este pelo ainda me traz novos visitantes. Depois que eu reclamei, eles informaram que "uma estação interna que estava rodando um Webcrawler para fins de testes e homogação de um projeto". Epa, nem me perguntaram se podia! Eu escrevi de novo pedindo minha comissão neste projeto, mas até agora não me responderam.

O jeito de se defender dos robôs assassinos de sítios é criar um escudo de força. Simplesmente proíba o acesso deles. De cara bloqueie o nome dos robôs conhecidos, para isto basta configurar seu servidor Apache com estas regras. O sempre excelente Mark Pilgrim também dá dicas como se proteger de robôs.

Este é só o passo inicial. O que não falta é gente criando robôs novos. Alguns disfarçarão seu nome e terão que ser bloqueados pelo IP. Antes de você terminar de ler este artigo, outros já terão sido criados. Vamos então analisar como está nosso acesso atualmente. Para isto utilizamos o Webalizer, para extrair informações de nosso logs. Configure-o para mostrar um número grande de user agents: "TopAgents 450", e veja os nomes que não são comuns. Aparecerão até robôs nacionais como o PuxaRapido. Veja também a lista de "Sítios por KBytes" para ver quem tem comido sua banda. Cuidado para não incluir um proxy de uma grande empresa.

Para ser um pouquinho mais eficiente, com uma expressão regular reuni todas minhas regras no mínimo de linhas. Assim ficou:

RewriteCond %{REMOTE_ADDR} ^63\.148\.99\.2(2[4-9]|[3-4][0-9]|5[0-5])$ [OR] # Cyveillance spybot
RewriteCond %{REMOTE_ADDR} ^12\.148\.196\.(12[8-9]|1[3-9][0-9]|2[0-4][0-9]|25[0-5])$ [OR] # NameProtect spybot
RewriteCond %{REMOTE_ADDR} ^64\.140\.49\.6([6-9])$ [OR] # Turnitin spybot
RewriteCond %{HTTP_REFERER} iaea\.org [OR] # spambot
RewriteCond %{HTTP_USER_AGENT} mycrofth0lmes|URL\ check [OR] #match anywhere in string
RewriteCond %{HTTP_USER_AGENT} ^(Teleport|Internet\ Ninja|Aculinx|Ants|attach|Backstreet|BackWeb|Bandit|Buddy|Burner|Caitoo|Collector|Commander|Copier|Crawler|Curl|DA\ .\.0|Devil|DISCo\ Pump|Down2Web|Downloader|DownloadIt|Drip|Eater|eCatch|Eclipt|EirGrabber|Enterprise|Express|Extractor|ExtractorPro|EyeNetIE|FairAd\ Client|FileHound|FlashGet|FlashSite|FlipBrowser|GetBot|GetRight|GetSmart|Gets|GetWeb|Go-Ahead-Got-It|gotit|Go\!Zilla|Grabber|Grab|Grafula|Greed|HMView|Hoover|HtGet|HTTrack|IBrowse|iFox98|IGJpg$|InterGET|InternetLinkAgent|IPhoto|iwantmy|iwantmyxxx|JetCar|JOC|JustView|Keepoint|leech|lftp|likse]|Magnet|Mag-Net|Mass\ Downloader|Memo|MemoWeb|MIDown\ tool|Mirror|Mister\ PiX|MSProxy|Navroad|NearSite|NetAnts|NetDrag|NetSpider|Offline\ Explorer|Offline|PageGrabber|Papa\ Foto|pcBrowser|PerManSurfer|PlantyNet_WebRo|Pockey|Pump|Reaper|Recorder|ReGet|Retriever|SilentSurf|Siphon|Snagger|Snake|Snarf|Snatcher|SpaceBison|Stripper|Sucker|SuperBot|SuperHTTP|Surfbot|tAkeOut|Vacuum|Vampire|wantmy|Weazel|WebAuto|WebCopier|Webexe|WebFetch|Web\ Image\ Collector|WebReaper|WebSauger|Website\ Quester|Webster|WebStripper|Web\ Sucker|WebVCR|WebWhacker|WebZIP|WFARC|Wget|Whacker|Widow|WWWCopy|WWWoffle|NutchCVS|Exabot|Hobbit|West\ Wind\ Internet|WebReaper|Servers\ Alive\ URL\ check|voyager|MJ12bo|PuxaRapido|Advanced\ Email\ Extractor)
RewriteRule ^.* - [forbidden,last]

Isto resolve os piores casos. Por enquanto estou feliz sobrevivendo aos robôs e tudo está uma beleza. O chato é ter que ficar de olho para ver se não há novos robôs aparecendo. Será que terei que automatizar isto? O pior é o tempo perdido, poderia estar fazendo algo bacana. No futuro talvez valha a pena testar o mod_bandwidth.